Utilize o campo abaixo para pesquisar obras por título ou código de identificação:

Selecione uma ou mais características para filtrar a sua pesquisa.

D718 - A Dança das Horas – Estudo para o teto/plafond do Theatro Municipal do Rio de Janeiro


Assinatura

Inscrições

Junto à assinatura, "Paris 1907".

Procedência

1942 – Museu Evocativo do Theatro – Doação do artista
1949 – Museu dos Teatros
2014 – Centro de Documentação da Fundação Teatro Municipal

Localização Atual Exposições Individuais Exposições Coletivas Publicações Comentários

A pintura circular do plafond foi executada em oito seções que deveriam ser dimensionadas para se encaixarem perfeitamente. O alemão Stalen Brecher auxiliou Visconti, executando os cálculos matemáticos necessários. Para cada uma das seções, Visconti desenhou um cartão de transferência, no qual as figuras representadas deveriam compor a coreografia concebida para a grande tela circular.
Com o sentimento de preservar para o olhar das futuras gerações o detalhado processo criativo de suas decorações, Eliseu Visconti doou para o governo do então Distrito Federal, em 1942, este e os principais estudos originais realizados para a confecção dos painéis do Theatro Municipal. Para abrigar as obras doadas, foi criado pelo prefeito o Museu Evocativo do Theatro, que mais tarde, em 1949, daria origem ao Museu dos Teatros. Em 17 de outubro de 2013 foi oficializada a transferência do acervo do Museu dos Teatros para a Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro que, através de seu Centro de Documentação, passou a abrigar todos os estudos doados por Visconti.


Obras Relacionadas