Utilize o campo abaixo para pesquisar obras por título ou código de identificação:

Selecione uma ou mais características para filtrar a sua pesquisa.

P723 - A passagem do Dia – Primeira composição para teto e proscênio da sala de espetáculos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro


Assinatura

Inscrições

Junto à assinatura "Rio, 1905", seguida pelo algarismo "4".

Procedência

Coleção Louise Visconti
1991 (mar) – Leilão Leone Galeria de Arte, Rio de Janeiro

Localização Atual Exposições Individuais Exposições Coletivas Publicações Comentários

É um esboço da decoração para o teto sobre a plateia, para o friso sobre o proscênio e para os triângulos do teto do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, provavelmente encaminhado à Comissão Construtora do referido teatro em 28 de março de 1906, junto à proposta de Visconti por escrito. De acordo com a Carta-contrato elaborada pela Comissão Construtora do Teatro Municipal [CR1906], assinada por Francisco de Oliveira Passos, em 23 de abril de 1906 (Acervo do Fundo Eliseu Visconti, do MNBA, RJ), esta proposta e os estudos que a acompanharam foram aprovados em 14 de abril, pelo prefeito Pereira Passos. A pintura aparece na parede do atelier, ao lado de diversos estudos para o pano de boca do mesmo teatro, em fotografia do acervo do Projeto Eliseu Visconti, proveniente de negativo em vidro. Diversos desses negativos foram digitalizados pelo Instituto Moreira Salles em dezembro de 2017.

No catálogo da EGBA de 1908, este estudo foi registrado sob o nº 162, com o complemento esquisse do teto da sala de espetáculos; e no catálogo da Exposição Retrospectiva de 1949, sob o nº 60, com o complemento esboço da cupola do Teatro Municipal, e com a data de 1903, seguida de “(?)”. Realmente, o último algarismo da data inscrita na pintura parece ser um 3, e foi acrescido, ainda, na sequência da data, um algarismo 4 à lápis. Porém, é certo que esse esboço foi feito em 1905, pois a carta de Francisco Guimarães, que anunciou o convite do arquiteto construtor Francisco de Oliveira Passos, para que Visconti levasse ao Rio de Janeiro alguns esboços com ideias para as decorações do Theatro Municipal, que estava em construção, é datada de 16 de junho de 1905. Esta pintura foi restaurada no atelier de Cláudio Valério, em 2009, e revela ter sido feita sobre outra pintura, provavelmente uma figura masculina, da qual se pode ver a cabeça, no alto da tela.


Obras Relacionadas


Documentos Relacionados