Utilize o campo abaixo para pesquisar obras por título ou código de identificação:

Selecione uma ou mais características para filtrar a sua pesquisa.

P703 - Posse de Deodoro da Fonseca – Primeiro estudo para o Palácio Tiradentes


Assinatura

Inscrições

Abaixo da assinatura, "Rio 19...". O ano está ilegível.

Procedência

Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro.

Localização Atual Exposições Individuais Publicações Comentários

Em 1924 Visconti recebe a encomenda para executar o painel decorativo do plenário da Câmara dos Deputados (hoje Assembléia Legislativa do Rio – Palácio Tiradentes, na Praça XV de Novembro). Esta obra é a primeira esquisse executada pelo artista e representa a posse de Deodoro da Fonseca na Presidência da República. Bem ao gosto de Visconti, este esboço apresenta uma figura alegórica alada, que abençoa a cerimônia (como na pintura [P995]), ocupando a parte superior da composição em semicírculo, e a bandeira brasileira em destaque sobre a mesa, dando colorido especial à pintura. A cadeira onde senta o general é a mesma usada como trono no tríptico Deveres da Cidade [P715], da decoração do Palácio Pedro Ernesto. O modelo para essa cadeira aparece na foto de Visconti em seu atelier da Ladeira dos Tabajaras, de 1926.

No entanto, esta esquisse, de fatura mais moderna, foi recusada pela comissão constituída à época que, segundo Frederico Barata, exigiu do artista outro estudo em que não figurassem mulheres. Para cumprir o contrato Visconti apresentou então novo trabalho [P719], de fatura mais comportada, representando a assinatura da Primeira Constituição Republicana de 1891, solenidade da qual mulheres não tomaram parte. Aprovada pela comissão, a decoração foi executada e concluída em 1926. No grande painel [P701] figuram em tamanho natural os retratos dos 63 constituintes. Este passaria a ser uma exceção dentre os trabalhos decorativos de Visconti, que têm sempre a mulher como protagonista. Em outro esboço de decoração não realizada [P717], Visconti também representa a bandeira brasileira, assim como, com maior destaque, em sua grande composição Hino à Bandeira [P630].

 

 


Obras Relacionadas