Utilize o campo abaixo para pesquisar obras por título ou código de identificação:

Selecione uma ou mais características para filtrar a sua pesquisa.

P318 - Nu feminino


Assinatura

Inscrições

A localidade "Paris" e a data "1894", logo abaixo da assinatura.

Localização Atual Exposições Individuais Exposições Coletivas Publicações Comentários

Um dos nus mais eróticos da lavra de Visconti, ao mesmo tempo, de uma naturalidade desconcertante! Transgredindo as regras então vigentes para o nu artístico, Visconti expõe, já em 1894, com sinceridade os pelos pubianos, cuja presença causou a retirada (pela polícia) dos nus femininos de Modigliani, de uma vitrine parisiense, em 1917. Neste belo nu viscontiano, os detalhes de textura são tratados com muito realismo (como os da pele, dos pelos e dos mamilos), chegando a mostrar a sujeira por baixo de uma unha. Apresenta detalhe curioso na inscrição da data, em que o algarismo 4 está de ponta-cabeça. Composição excepcional em que a jovem se apresenta em ângulo original, com a cabeça e o tronco em escorço, as coxas de frente e a perna esquerda, também em escorço, em direção ao fundo e à direita da tela. A cabeça, em primeiro plano, está apoiada sobre uma almofada cinza de listras brancas, e as mãos postas delicadamente sobre a barriga. Os limites da tela cortam, lateralmente, as pontas dos cabelos e do pé esquerdo da modelo. A cortina vermelha ao fundo dá o toque mais quente da tela; o que é recorrente nos nus femininos viscontianos, em que esta cor sempre aparece em algum detalhe [P317, P319, P323, P359], em diferentes proporções. Nos arquivos do Projeto Eliseu Visconti encontra-se o esboço desenhado desta pintura, feito num bloquinho de notas [CD004], com a inscrição: “Este foi trocado pelas duas meninas na cama” [P315], referindo-se, provavelmente, aos envios de pensionista. Como a pintura foi fotografada no atelier do artista para a reprodução em O Jornal, de 11 de julho de 1926, ficou em posse do pintor até pelo menos esta data. Uma foto antiga desta pintura, dos arquivos do Projeto Eliseu Visconti, mostra que alguns detalhes do fundo se perderam na escuridão, e os cabelos da moça apresentavam nuanças que hoje não se vêem mais.


Obras Relacionadas

Fale Conosco