Utilize o campo abaixo para pesquisar obras por título ou código de identificação:

Selecione uma ou mais características para filtrar a sua pesquisa.

P245 - Retrato do Sr. Simas


Assinatura

Inscrições

A localidade "Nictheroy" e a data "1900", logo abaixo da assinatura.

Procedência

2006 (dez.) – Leiloada por Evandro Carneiro e Soraia Cals, Rio de Janeiro
2007 (set.) – Leiloada por Evandro Carneiro e Soraia Cals, Rio de Janeiro
2007 (jun.) – Galeria Dom Quixote, Rio de Janeiro
2008 (out.) – Leilão TNT Escritório de Arte, Rio de Janeiro

Localização Atual Exposições Individuais Exposições Coletivas Publicações Comentários

Em outubro de 1900, Visconti voltou de seu estágio na Europa, e provavelmente esta foi a primeira pintura realizada por ele aqui, na cidade de Niterói, e por isso, apesar da data 1900, ela pertence ao terceiro período de sua carreira, que se inicia em terras brasileiras. Segundo a bisneta do retratado, ele era natural da Ilha do Pico, no Açores, Portugal, e veio para o Brasil na segunda metade do século XIX. Aqui, casou-se com Adelaide [P243], trabalhava com aplicações financeiras e morava em Niterói, à Rua Visconde do Rio Branco, 111, antiga Rua da Praia. Na paisagem representada ao fundo, pode-se reconhecer a cidade pela presença do mar e montanhas características, vistos através da grade de ferro. O retratado tem o cenho franzido, numa expressão grave e concentrada, que aliada ao fino e elegante terno marrom, gravata borboleta, e postura altiva, simboliza perfeitamente o bem sucedido homem de negócios. As mãos receberam tratamento especial, e o cigarro aceso completa a imagem de refinamento à qual o hábito de fumar estava associado no início do século XX. O contraste do traje escuro contra a folhagem verde vivo do fundo confere leveza à composição. Um retrato bastante moderno à sua época, que contraria certas afirmações de que Visconti escurecia sua palheta quando de regresso ao Brasil. Na 9ª EGBA, em 1902, Visconti recebeu a Medalha de 1ª classe por essa pintura [PR1902A]. Participou da exposição de Visconti, em 1910, na Casa Vieitas, com o título Retrato do Sr. Antonio Xavier Simas, quando recebeu a seguinte apreciação: “apezar de certa opacidade de tom, é também uma dessas obras que, uma vez vistas, nunca mais saem fora da retina do observador. É obra de grandes difficuldades vencidas, e pintada a annos, nada ou quasi nada tem perdido da sua frescura primitiva.” Foi restaurada no atelier de Cláudio Valério, em setembro de 2006.


Obras Relacionadas


Documentos Relacionados