Utilize o campo abaixo para pesquisar obras por título ou código de identificação:

Selecione uma ou mais características para filtrar a sua pesquisa.

P231 - Retrato de Ernesto Cândido Gomes


Assinatura

Inscrições

A informação “D’Aprés – Photographia”, logo abaixo da assinatura.

Localização Atual Comentários

O retratado é o 6º presidente da Associação Comercial de Santos, que teve seu mandato de 1893 a 1898. Apesar da fatura clássica, como o tipo de retrato oficial exigia, podem-se ver, em torno do paletó, várias pinceladas dissociadas em vermelho, que desfazem o contorno da figura em relação ao fundo e acompanham o limite inferior do espaço oval criado pela moldura. Junto à assinatura de Visconti, sobre o ombro esquerdo do retratado, há uma inscrição com a qual o pintor informa como trabalhou: “D’Aprés – Photographia”. No verso, sobre a trave de baixo do chassi, duas inscrições: “Restaurado por Linaldo Cardoso, maio de 2000” e “Conservado por Linaldo Cardoso, out 2006”. Visconti pintou também o retrato do 9º presidente da ACS [P236].

O Relatório apresentado em Assembléia Geral Ordinária, de 15 de dezembro de 1924, da Associação Comercial de Santos, explica os detalhes do projeto e da construção do novo edifício de sua sede, na esquina das ruas 15 de Novembro e Riachuelo, em Santos/ SP. “O salão principal do edificio é o grande salão das sessões da Associação Commercial, no 2º pavimento do corpo central, com um comprimento de 20 metros, occupando a sua largura total”. Após a descrição do acesso e detalhes ornamentais do salão, o relatório continua: “A parede dos fundos servirá, segundo uma feliz lembrança de um dos directores da Associação Commercial, cujo gosto artistico é reconhecido, para uma série de retratos dos presidentes da Associação.” Além desses retratos, o relato aponta para um quadro alegórico de Carlos Oswald no salão nobre, e um panorama da cidade de Santos, de Benedicto Calixto, no vestíbulo de entrada. O mesmo relatório apresenta fotos do prédio do novo e do antigo, no entanto, não cita os nomes dos pintores convidados para executar os retratos dos presidentes. Também não foram encontrados recibos ou contratos que documentem a encomenda, porém, encontram-se até hoje no Salão das Sessões, retratos executados por artistas renomados: Henrique Bernardelli (1º, 2º, e 3º presidentes); Eugênio Latour (4º e 7º); Guiomar Fagundes (5º presidente); Carlos Oswald (8º e 14º); entre outros. Nos quadros de Latour a data 1924 é bastante legível, podendo-se concluir, com boa margem de segurança, que os retratos dos primeiros presidentes foram encomendados para a cerimônia de inauguração da nova sede, pelos menos até o 13º, pois estes ocupam a fila superior da parede e têm molduras douradas em três modelos que se repetem.


Obras Relacionadas

Fale Conosco