Utilize o campo abaixo para pesquisar obras por título ou código de identificação:

Selecione uma ou mais características para filtrar a sua pesquisa.

D853 - Bilhete postal para o interior – A Lenda Brasileira – Projeto para bilhete postal integrante da coleção vencedora do Concurso dos Correios de 1904


Assinatura

Inscrições

A assinatura está na borda inferior direita do retângulo com o desenho.
Após a assinatura, "Rio 1903"

Localização Atual Exposições Individuais Publicações Comentários

Em 1903 Visconti participa de três concursos de selos abertos pela Diretoria Geral dos Correios e organizados pela Casa da Moeda, num total de dezesseis projetos, sendo doze selos, duas cartas-bilhetes e dois bilhetes postais. O júri, presidido por Luis Betim Paes Lima, Diretor dos Correios, era constituído por literatos, filatelistas e pelo escultor Rodolfo Bernardelli. Dentre vinte concorrentes, Visconti é declarado vencedor dos três concursos, em janeiro de 1904. Entretanto, os projetos de selos postais jamais seriam executados, por ter-se oposto o Ministro de Viação e Obras Públicas, Sr. Lauro Muller, o que causou grande mágoa ao artista. Apontar uma razão para a não feitura dos selos seria mera especulação. A aceitação que tiveram por parte da imprensa especializada na Europa e na América foi comprovada pelo número de vezes que foram publicados. A revista francesa L’Illustration , em 12 de novembro de 1904, reproduziu com elogios todos os projetos. Também o jornal português Mala da Europa estampou os selos em sua edição de 18 de dezembro de 1904. Na América, a Sociedade Filatélica Argentina igualmente reproduziu os selos.
Nossa crítica especializada ficaria decepcionada com o não aproveitamento dos selos de Visconti. Gonzaga Duque escreve na Revista Kosmos: A série magistral de postais do Sr. Eliseu Visconti faria a reputação filatélica de qualquer povo. É, em verdade, uma coleção extraordinária, sem competidora na reputada Europa.”
A Imprensa Nacional, em Catálogo Descritivo publicado em 1904, descreve assim o bilhete postal “A Lenda Brasileira”:
O gênio da Glória laureando os dois vultos brasileiros que se completaram na Literatura e na Música: Carlos Gomes e José de Alencar. Ao centro o pórtico de um Panteon e do lado oposto a Fama batendo palmas para essa glorificação. No ângulo superior direito, onde se lê a taxa, distingue-se parte do dirigível Santos Dumont, em pleno voo ascendente.
Os originais dos projetos de selos e bilhetes apresentados por Visconti para o concurso dos Correios encontram-se desaparecidos, não sendo encontrados nos arquivos da Instituição. A imagem deste bilhete postal foi obtida a partir de uma reprodução menor encontrada nos guardados do artista, hoje pertencente ao acervo do Projeto Eliseu Visconti.

Fale Conosco