DP1908 - Projeto do ateliê construído por Eliseu Visconti na Av. Mem de Sá nº 60 – Rio de Janeiro

  • Tipo de Documento Documentos Pessoais
  • Ano 1908
  • Acervo Reprodução do documento no acervo do Projeto Eliseu Visconti

AO CENTRO DA FOTO, ATELIÊ DE ELISEU VISCONTI NA AV. MEM DE SÁ.
AO CENTRO DA FOTO, ATELIÊ DE ELISEU VISCONTI NA AV. MEM DE SÁ. VISCONTI NA JANELA
ATELIÊ - PLANTA DO SEGUNDO ANDAR
ATELIÊ – PLANTA DO SEGUNDO ANDAR

Em 1908 Visconti providenciava a construção do seu ateliê no centro do Rio, na Av. Mem de Sá. No mesmo prédio que abrigaria o ateliê do artista, era também construída uma moradia para a família, pois Visconti ansiava por trazer Louise e Yvonne, que ainda residiam na França, para o Brasil. O prédio de três pavimentos estava sendo construído em terreno adquirido da escultora Nicolina Vaz de Assis, situado à Av. Mem de Sá nº 60, no Rio de Janeiro. O ateliê foi instalado no segundo andar, acima do apartamento destinado ao casal (primeiro andar), e de duas lojas no térreo, cujos aluguéis garantiriam uma renda extra. Visconti trabalharia nesse ateliê até o seu falecimento, em 1944. No entanto, a utilização do prédio como moradia para a família foi em curto período. Louise queixava-se do calor excessivo no apartamento, situado abaixo do ateliê castigado pelo sol que penetrava por uma claraboia, projetada para boa iluminação. Certamente a nova gravidez de Louise apressou os planos de Visconti, que adquiriu um terreno na então Ladeira do Barroso (atual Ladeira dos Tabajaras), em Copacabana. Ali construiu a casa onde residiria com a família até seus últimos dias, em meio a frondoso jardim, de onde avistava a totalidade da praia de Copacabana e recebia a brisa do mar.
O prédio do ateliê foi desapropriado na década de 1960 e demolido para a urbanização da Praça Cardeal Câmara.

ATELIÊ - PLANTA DO TÉRREO E DO PRIMEIRO ANDAR
ATELIÊ – PLANTA DO TÉRREO E DO PRIMEIRO ANDAR
ATELIÊ - CORTE
ATELIÊ – CORTE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fale Conosco