CV1935A - Convite para a conferência do Ministro Kouma Horigutchi sobre arte japonesa – 1935

  • Tipo de Documento Convites e Catálogos
  • Ano 1935
  • Acervo Projeto Eliseu Visconti

Para Paulo Herkenhoff, as cerâmicas de Visconti têm uma dupla relação com o Japão: na decoração e na forma. Para ele, Visconti foi o mais japonista dos pintores modernos brasileiros. Seu envolvimento com a cultura visual do Japão afetou estruturalmente sua linguagem em alguns momentos cruciais de sua trajetória de pintor e designer (Catálogo da exposição Laços do Olhar – Roteiros entre o Brasil e o Japão – Instituto Tomie Ohtake – 2010, p. 45.)
E o próprio Visconti, um colecionador de gravuras japonesas, anota em um caderno:
O conhecimento da arte japonesa ampliou nossa visão, refez o nosso olho, pois tem delicadas nuances as quais estávamos desabituados.
Certamente esse interesse de Visconti pela arte japonesa foi motivo o bastante para estar à frente da Comissão Organizadora da palestra do Ministro Kouma Horigutchi sobre arte japonesa, no Salão Nobre da Escola Nacional de Belas Artes. O ano dessa conferência não aparece no convite, mas a presença do Ministro Kouma no Brasil pode ser comprovada na edição do jornal O Globo de 2 de setembro de 1935.

Fale Conosco