CR1909 - Carta de Rodolpho Bernardelli a Eliseu Visconti – 15 de janeiro de 1909

  • Tipo de Documento Correspondências - De 1901 a 1920
  • Ano 1909
  • Acervo Museu Nacional de Belas Artes - Rio de Janeiro

Páginas 2 e 3
Páginas 2 e 3

Rodolpho Bernardelli, nesta carta, dentre outros assuntos, tece comentários e fala sobre as providências para aparelhar o novo prédio da Escola Nacional de Belas Artes, projetado por Morales de Los Rios e inaugurado em setembro de 1908.

Rio 15 de Janeiro de 09.
Meu caro Visconti:
Recebi sua carta de 17 p.p. e por ella vejo que sua viagem não foi divertida mas enfim, sempre chegou a bom porto, e a estas horas já deve estar gozando do bom fogo, e do bom ambiente. Nós por aqui estamos debaixo de uma temperatura verdadeiramente torrida, o que não ha de estranhar pois no verão é mesmo assim em toda parte. Para mim a cousa é desfavoravel, porque alem dos meus muitos affazeres tenho sobre os braços a mudança do meu atelier, e a mudança da Escola esta já esta em parte feita. Só falta tirar o Grupo do Christo que me tem feito passar momentos angustiosos pois ha falta de um homem habituado a encaixotar marmores e sobretudo desta importancia já nada mais existe no rez chão desta tugurio que foi nosssa Escola e se vive como já realção os velhos gessos na nova Escola, poderá calcular como fará quando se mudar os gessos por marmores.
Recebi do Mrs. Boyer os catalogos e uma carta explicativa a proposito dos suportes para quadros, só ante hontem recebemos o conhecimento para retirar os echantillons que elle nos manda.
Estou de pleno accordo no que diz a proposito da perfeição desse systhema, e é meu desejo apparelhar a nova Escola toda desses apparelhos.
A nossa nova casa será uma bella Cathedral da Arte, naturalmente terá seus deffeitos mas quem é que não os tem? É humano. Contrariedades e mais contrariedades, tenho bastante mas com amor e fé chegarei a vencer malgré tout et contre tout.
Por aqui estes ultimos dias temos tido correrias, mortes e ferimentos, pretextando mudanças e augmento de passagens das Companhias de Bondes de propriedade da Light puro pretexto para peccar em agua turva em questão de politica e interesses de alguns industriaes, é vergonhoso quebrar arvores, quinxar bondes, quebrar lampeões, e matar gente, enfim, sempre e custoso introduzir melhoramentos que vem inquietar interesses alheios.
Os nossos artistas estão fundando uma Sociedade Circulo Artistico, não fui a reuniões, mesmo porque devido ao estado das ruas e segurança me o impediram mas tenciono fazer parte desta agremiação afim de prestar meus serviços caso seja necessario, e caso seja para o bem da divulgação da arte, mas fiz votos de não aceitar jamais encargo algum, já basta o que tenho soffrido.
Peço lhe o favor de ver se falla com a casa Lefana ou outro, para que tenha aqui um representante afim que nos possa fornecer em conta ou pelo menos receber aqui os dinheiros de fornecimento de tintas, telas, papel e ecet ecet que temos necessidade, porque doe me ter que pagar material ruim e carissimo e estar a mercê destes especuladores. Quero ver se obtenho isenção de impostos aduaneiros para o nosso material a fim de não augmentar a verba estupidamente. Isto faça-o sem dizer nada porque é preciso que assim seja para o bom resultado.
Já chegou de Londres um dos baixos relevos de terracotta, tem 10m50 de comprido e 2 de alto, representa a evolução da arte atravez dos seculos, o primeiro que aqui esta é uma obra d’arte o baixo relevo é muito bem comprehendido Syrios e Egyppcios trabalhando, o 2º será a parte da Grecia a Italia ( renascimento), também esta ahi a sahir da Alfandega dois mosaicos, os primeiros que vieram são Vignola e Maudact, faltam mais 14. Enfim a nossa casa nova esta se ornamentando, estamos as voltas com o grande Salão, de festas.
Meu irmão vae indo, está em Theresopolis, no seu rancho tão poetico, fugio do calor, já acabou a 2ª cupola do Theatro. Não deixe de preparar alguma cousa para nosso primeiro salão no novo edificio.
A nova associação quer fazer exposições dar pensões, e também tomar parte nos Carnavaes. Tropa robba
Aqui concluo porque vou assistir ao meu Christo.
Que tenha bom anno, saude e alegria é o que lhe desejo
Seu amio – collega
Prof. Rod. Bernardelli
Escola Nacional de Bellas Artes
– Avenida Central –
Rio

Fale Conosco