CR1906E - Carta de Eliseu Visconti a Francisco Oliveira Passos queixando-se dos prejuízos que acarretarão a demora na definição das dimensões do plafond – 31 de agosto de 1906

  • Tipo de Documento Correspondências - De 1901 a 1920
  • Ano 1906
  • Acervo Centro de Documentação da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro

Nesta carta Visconti volta a se queixar dos prejuízos que terá com a demora na definição das dimensões do teto (plafond) do Theatro. Encaminhada no dia seguinte à carta anterior, com certeza Visconti considerou que não havia sido bastante enfático em sua carta do dia 30 de agosto, e diz que pode provar os prejuízos causados pelas modificações do projeto original.

Paris, 31 – 8 – 906
Illmo Dr Oliveira Passos.
Hontem remetti-lhe uma minha respondendo á sua de 8 do corrente.
Accuso a sua de 10 do presente mez onde o Dr me havia promettido mandar-me as secções e modificação da frisa, infelizmente nada. Toda esta demora me causa incalculavel prejuizo.
Eu não posso me responsabilizar pelo bom exito da collocação do plafond, uma vez que este não seja construido de accordo com as dimenções que o Dr me fornecer; e a sua imperfeita execução, como seja: ondulações de superficie e asperezas que possam prejudicar a collocação da tela.
Tudo quanto tenho feito desde que aqui cheguei para o comprimento do contracto, eu posso proval-o, se o Dr quizer, e d’esse modo avaliará os prejuizos que as suas modificações me causaram.
Quanto às informações que o nosso amigo o Dr Ludolff lhe deu, talvez fossem mal interpretadas, pois que, elle n’unca me deu o prazer de visitar o meu atelier provisorio da rue Campagne Première nº 9.
Sou amigo obrigado
E. Visconti
38, Boulevard du châteaux
Neuilly – Seine

Fale Conosco