CR1896A - Carta de Visconti ao Ministro dos Negócios do Interior solicitando recursos para executar a tela “Saída da vida pecaminosa” – 29 de maio de 1896

  • Tipo de Documento Correspondências - Até 1900
  • Ano 1896
  • Acervo Museu D. João VI - Escola de Belas Artes - Rio de Janeiro

Para os que seriam os dois últimos anos de seus estudos na Europa, deveria Visconti executar uma tela de 24 m² intitulada Saída da Vida Pecaminosa, tema extraído da Divina Comédia, de Dante. Chegou a executar um estudo de dimensões menores sobre o tema [P985]. Nesta carta Visconti submete o orçamento de doze mil francos para cobrir as despesas materiais com a obra. No entanto, a ajuda financeira para executar o grande quadro, apesar de autorizada pelos professores da Escola Nacional de Belas Artes, foi vetada. A desobrigação em realizar obra de tamanho vulto acabou por ser benéfica à carreira do pintor, que pôde prosseguir em suas pesquisas com liberdade. Abaixo, a transcrição da carta em que Visconti solicita a ajuda financeira.

Elyseu d’Angelo Visconti
Tenho a honra de remetter ao Ministerio a vosso cargo, por intermedio da Legação do Brasil em Pariz, como pensionista da Escola N. B. A. do Rio de Jan., um esboceto para a execução de um grande quadro, que pretendo fazer com uma tela de 24 metros quadrados de superficie, representando “a sahida da vida pecaminosa” extrahida da Divina Commedia de Dante (Inferno).
De accordo com o cap. VI do regulamento que rege os pensionistas do Estado na Europa, tenho a honra de submetter-vos o orçamento de doze mil francos para [acorrer] as despezas materiaes do referido quadro.
Conscio de vossa esclarecida competencia e benevolencia, ouso esperar que tomeis em consideração o meu pedido. Saude e Fraternidade.
Paris, 29 de Maio de 1896. Elyseu de Angelo Visconti.
Ao Ministro dos Negocios do Inter.

Fale Conosco