CR1896 - Carta de Visconti ao Diretor da Escola Nacional de Belas Artes, encaminhando a tela “Rendição de Breda” – 30 de julho de 1896

  • Tipo de Documento Correspondências - Até 1900
  • Ano 1896
  • Acervo Museu D. João VI - Escola de Belas Artes - Rio de Janeiro

Prosseguindo com os trabalhos obrigatórios durante o terceiro ano de sua permanência como bolsista em Paris, Eliseu Visconti empreendeu inúmeras viagens a Madri, onde, em agosto de 1895, iniciou uma cópia em tamanho natural da obra Rendição de Breda [P982], de Velásquez. Rodolpho Bernardelli, então diretor da Escola Nacional de Belas Artes, incentivou Visconti a executar esse exaustivo e grandioso trabalho, argumentando que essa cópia do mestre espanhol seria a única a fazer parte do acervo do museu da Escola. Concluído em meados de 1896, Visconti comunica ao Diretor da Escola Nacional de Belas Artes, através da carta ao lado, a remessa trabalho ao Brasil. Abaixo, a transcrição da carta.

Ao Cidadão Diretor da
Escola Nacional de Bellas Artes
O pensionista do Estado, Eliseo d’Angelo Visconti, remette por intermedio do Ministerio do Interior para essa Escola, uma copia (tamanho do original) do célebre quadro de “Velasquez” intitulado a “Rendicção de Bréda” ou as “Lanzas”.
A referida copia sahirá de Lisbôa no dia 5 do proximo mez, no vapor “Orcana” da malla Real Inglesa.
Incluso remette-vos um dos conhecimentos, faltando o da agencia Maritima em Lisbôa, a qual o remetterá para o Ministerio dos Negocios do Interior.
Saude e Fraternidade.
Madrid, 30 de julho de 1896.
E. Visconti

Fale Conosco