CR1895D - Carta-bilhete de Alberto Nepomuceno a Eliseu Visconti, em viagem de volta ao Brasil – 11 de junho de 1895

  • Tipo de Documento Correspondências - Até 1900
  • Ano 1895
  • Acervo Projeto Eliseu Visconti

Pag. 2 (verso)
Pag. 2 (verso)

Ao redigir esta pequena carta, o Maestro Alberto Nepomuceno estava em viagem de volta ao Brasil em 1895, após longo período na Europa. Sua última temporada havia sido em Paris, onde esteve com Visconti e foi retratado pelo artista em tela que se encontra no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Navegando a caminho de Lisboa, a bordo do vapor Oropesa, Nepomuceno despede-se de Visconti e solicita a compra de quatro exemplares de cada jornal que Mr. Chabault indicasse. Charles Chabault era catedrático de grego na Sorbonne e, a seu convite, o maestro escreveu a música incidental para a tragédia Electra. A seguir a transcrição da carta,

Bordo do Oropesa           11 de junho de 1895

Caro Visconti

Vamos em caminho de Lisboa. Até aqui eu tenho me portado bem. A Walborg tem sofrido e o Eivind ontem pela manhã esteve enjoado, mas foi uma questão de horas. Depois ele portou-se às mil maravilhas. O vapor é muito confortável e eu estou muito satisfeito com ele. Grande asseio. Só a comida é desenxabida. Também a bordo a gente come por obrigação e não por gulodice. Temos companheiros amáveis e muitos serviçais.

Adeus meu bom Visconti. Sê feliz e muito feliz e sadio. Lembranças ao Raphael. Não esqueças os meus jornais.

Lembranças de Walborg, beijinhos dos meninos e abraços, muitos abraços do teu

                                                                                                                                  Alberto

Texto a lápis nas entrelinhas

Peço-te de comprares 4 de cada jornal que o Mr. Chabault te indicar. Encomenda-os se necessário for.

Fale Conosco